quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Oito mil crianças estão fora da escola


img
Enquanto sobram vagas no Plano Piloto para crianças com quatro e cinco anos, mais de oito mil meninos e meninas nessa faixa etária começam o ano fora da sala de aula, o equivalente a 30% dos pedidos de matrícula feitos pelo telefone 156 para o ensino infantil. De acordo com o balanço do Telematrícula de 2009, o problema é mais grave em Itapoã e São Sebastião, onde apenas 27% e 34% da demanda, respectivamente, foi atendida.
 
Desde julho do ano passado, é obrigação legal dos municípios e das unidades da Federação a garantia de vagas para crianças cujos pais procuraram matricular seus filhos. A Lei Federal nº 11.700 garante às crianças a partir de quatro anos de idade o direito a uma vaga na rede pública, no ensino infantil e fundamental, em escola próxima à região onde moram.
 
Segundo o secretário de educação do Distrito Federal, José Luiz Valente, as vagas serão abertas na medida em que ficarem prontas as 29 novas escolas em construção e as 13 que passam por reformas. “Vamos remanejar os alunos dos ensinos fundamental e médio para os novos estabelecimentos e adequar os antigos espaços”, afirma.
 
Fonte: Correio Braziliense (DF), 10/01/2009

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

DF: Inclusão digital para 36 mil em 2008

O programa DF Digital, promovido pela Secretaria de Ciência e Tecnologia e Fundação de Apoio à Pesquisa (FAPDF), em parceria com Oscip Programa Providência, oferece à população do Distrito Federal oportunidades de inclusão digital com cursos de informática e internet, participando também do processo de inclusão social com cursos de qualificação para o mercado de trabalho.
 
O DF Digital possibilitou a qualificação e formação digital de 36 mil alunos em 2008. Desse total, 2.468 são alunos da rede pública de ensino integral com idade entre sete e dez anos. Todos os estudantes que concluem os cursos passam a fazer parte de um banco de talentos distribuído a todas as instituições de encaminhamento para o mercado de trabalho e de demanda de profissionais qualificados. Em 2009, 16 mil alunos já estão fazendo cursos e outros 6.172 estão na fila de espera.
 
Telecentros – O Programa Telecentros, implantado com os mesmos princípios, requisitos técnicos e metodologia de solução e aprendizado do DF Digital, funciona em 46 igrejas católicas do Distrito Federal. Em 2008, o programa teve 5.655 cursos aplicados e 3.541 alunos certificados em qualificação profissional. Hoje existem 11.392 alunos em sala de aula e 1.153 alunos na fila de espera, o que totaliza 19.086 alunos cadastrados no programa.
 
 
Fonte: Jornal de Brasília (DF) – 07/01

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Amor incondicional...



A fonte da contradição (do sofrimento) é que nos tornamos racionais porém continuamos a sentir falta de afeto e talvez romanticamente, do amor incondicional. Queremos – precisamos do amor (incondicional), mas não arriscamos sentí-lo (oferecê-lo) porque podemos “perder” com isso! Perder o que? Perder coisas concretas, sofrer, etc., porque aprendemos que o importante (racionalmente falando) é receber, ganhar, acrescentar ao patrimônio.
O amor (incondicional) nos parece contrário à vida inteligente.
Ao deixarmos de apostar na utopia deixamos de apostar na humanidade, restando-nos apenas a nossa existência enquanto indivíduos. Não podemos chamar a isso de individualidade e sim de individualismo. Paralelamente um “algo” indefinido nos deixa insatisfeitos, nos gera sofrimento e… não sabemos o porquê. Talvez pelo nosso alto grau de racionalidade e baixo de sabedoria. 
Amor incondicional é de uma elegância imensurável, de uma postura invejável e de uma personalidade única.
Felizes daqueles que são merecedores de serem amados incondicionalmente e mais felizes ainda, aqueles que se permitem amar assim, porque são eles os grandes heróis da vida.
Infelizes daqueles que não conseguem perceber quando despertam esse tipo de amor, que não têm a sensibilidade de sentí-lo ao seu redor e valorizá-lo independente do que podem oferecer a ele.
Amar incondicionalmente é uma arte.
Ser amado assim, um presente divino.

Você sabe o que é Conselho Tutelar?

video

Conselho Tutelar do Gama I

Endereço: Área Especial EQ 15/17 Gama Oeste.
Fone: (61) 3905-1361
(61) 3905-1362
FAX : (61) 3556-9677
E-mail: ctgama.df@hotmail.com
Conselheiros:
Andréia
Daniel
Maria das Neves
Maria de Lordes
Vinícius

Conselho Tutelar do Gama II
Endereço: Área Especial S/N Central (Ao lado da Administração do Gama)
Fone: (61)3484-9913
Email: ctgamaleste@hotmail.com
Conselheiros:
Ana Maria Soares
Carlélia Fernandes
Edson Marcos
Eliane Santos
Márcia Maria

Conselhos Tutelares

Art. 131 do Estatuto da Criança e do Adolescente: O Conselho Tutelar é órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, definidos nesta Lei.

As atribuições dos Conselhos tutelares são, entre outras:
Atendimento às crianças e adolescentes em caso de violação dos seus direitos por ação o omissão do Estado ou da sociedade, por abuso, omissão ou em razão da conduta o dos pais ou responsáveis.
...
Receber obrigatoriamente as comunicações referentes aos casos suspeitos ou confirmados de maus tratos, bem como nos casos de faltas injustificadas, evasão escolar ou repetência em níveis elevados de ocorrência, esgotadas as vias de recursos escolares.
...
Atendimento aos pais e responsáveis, sendo possível a aplicação de algumas medidas, exemplo: tratamento especializado e encaminhamento a programas de orientação familiar.
...
Encaminhar a notícia de fatos que constituem infração administrativa ou penal contra os direitos da criança e do adolescente aos órgãos competentes.